Skip to main content

Série Loja – Segunda Frente-Erros que matam uma Loja-Dr Gestão #09

Hoje vamos ver um conteúdo um pouco mais pesado, vou falar sobre erros que podem “matar” uma loja. Isso mesmo, erros que quando cometidos podem levar sua loja à falência e você acabe indo junto. Independente de a loja ser física ou online estes erros existem e nem sempre há tempo de arrumar, ou seja, alguns deles se tornam irreversíveis enquanto que outros até permitem que você os corrija, mas exigem uma quantidade absurda de dinheiro.

Como fazer para promover sua marca, sua loja, seu ambiente de trabalho e não cometer um suicídio comercial, privando os clientes de conhecer seus produtos e serviços.

Localização

Sim, a localização da loja é um fator que pode mata-la comercialmente. E isso se deve principalmente pelo inconveniente do cliente atravessar grandes distâncias para chegar até você. Se você é uma loja única, com artigos de luxo e com grande fama no mercado você pode se dar ao luxo de que os clientes venham até você devido à sua exclusividade.

Claro, não são muitas lojas que se encaixam nesta definição, a grande parte atente a públicos de renda média e baixa e para estes clientes você precisa ir até eles, estar por perto para que eles frequentem sua loja.

Mesmo que sua loja tenha grandes diferenciais, para que atravessar grandes distâncias até você se o cliente pode comprar roupas nas muitas lojas que estão mais perto? Se adicionar na balança que pessoas de renda média e baixa estão sempre cheias de afazeres, você vai ter poucas vendas escolhendo o lugar errado para sua loja.

Por sorte você fez a pesquisa de mercado e sabe exatamente qual localização será mais vantajosa para sua loja, ou seja, àquela que está próxima do seu verdadeiro público.

 

Tipos de Loja

Existem 2 tipos de lojas, as de rua e as de shopping. Você está em 1 dos 2 grupos ou até mesmo nos 2 caso tenha mais de uma loja.          A localização também vai alterar o preço que você irá colocar nos seus produtos. Se você é uma loja de shopping em um bairro com custo de vida mais elevado é natural que você tenha produtos mais caros para manter sua loja.

Isso ocorre por que seus clientes vão poder pagar mais e você terá custos maiores para agradar estes clientes mais exigentes. Estes custos envolvem garantias como qualidade, prazo, selos de eficiência ambiental, Aluguel do espaço físico da loja, a criação de algum web site e etc.

Layout da Loja

Este item diz respeito ao maquinário, aos móveis, vitrines e disposição dos produtos. Esse visual da loja deve ser cuidadosamente estudado e planejado para atrair clientes ao invés de repeli-los. Nesta hora até a iluminação tem sua participação e cada detalhezinho é eficaz na hora das vendas.

Cores do Ambiente

Muitas vezes sua marca tem um próprio estilo de cores e fica muito legal você seguir o estilo da sua marca na sua loja e nos seus produtos. Um ambiente mais claro é mais atrativo aos olhos dos potenciais clientes que dizem que a loja se torna maior do que realmente é. É conhecido também que uma loja escura traz uma aparência mais poluída, menor e de menor confiabilidade.

Claro, isto não se aplica a todas as lojas, mas é preferível que você tenha uma loja com cores mais leves e escolha cores mais fortes e escuras apenas para fazer uma combinação com seu logo ou criar uma identidade visual.

Má exposição do produto

O modo de expor seus produtos é intrinsecamente ligado ao seu público alvo. Temos inúmeros exemplos disso nas mídias: comerciais de cerveja sempre expõem seus produtos em climas quentes com mulheres de biquíni, comerciais de hotéis e viagens costumam colocar imagens de pessoas sorrindo e com suas famílias para transmitir como é importante viajar não só para relaxar como também para curtir a família.

Em uma loja esta lógica não deve ser ignorada. Você não deve colocar produtos infantis em um móvel de plástico com risco de quebra das prateleiras, muito menos terá produtos de vidro ao alcance destas crianças. Não só pela segurança do seu produto, mas também pela segurança da criança que pode se machucar.

Evite cometer estes erros, são tão fáceis de contornar, mas os lojistas tendem a repeti-los até não ter mais volta. Suas vendas irão aumentar um pouco, mas o mais importante, você não vai ter problemas de não haver venda alguma ou pouquíssimas e sua loja sempre estar em risco de falência.

 

Luiz Roberto Saraiva

Luiz Roberto Saraiva em Gestão da Indústria de Confecção
Sou natural da Tijuca, no Rio de Janeiro. Tenho 47 anos, sou graduado em Administração de Empresas pelo Senai/Cetiqt e possuo pós-graduação em Logística Empresarial pela Funcefet. Depois de mais de 19 anos de atuação profissional, posso dizer que sou simplesmente apaixonado pelo mundo da indústria têxtil e de confecção do vestuário.