Skip to main content

Parceria com Fábrica de Roupas-Dr Gestão

Muito se pergunta, “Será que é possível existir parcerias no segmento da confecção de roupas? A resposta para esta pergunta é bem simples. Sim. Não só é possível como existem várias formas de parcerias diferentes. Para este primeiro momento vou trazer três principais e em breve vou estar falando mais sobre este assunto.

Parceria com Facções

A primeira metodologia que eu vou comentar é a parceria das facções, também conhecida como a parceria da terceirização. Esta parceria é muito utilizada pelas grandes empresas que possuem produção em grande escala, quando o setor comercial realiza mais vendas do que a capacidade interna suporta. Esta parceria com facções/oficinas tem a natureza de terceirizar parte da produção para atender a grandes demandas.

O ideal é um acordo unilateral sendo bom para ambos, é que seja completa, ou seja, exista um contrato que defina bem a responsabilidade dos dois interessados (facção/oficina  versus empresa). Deste modo você garante que a oficina entregue no prazo e com qualidade e a oficina garante que você irá terceirizar para ela todos os meses. Assim surge uma parceria integra e duradoura, na qual ambos os lados saiam beneficiados.

Parceria com fornecedores

A segunda forma de parceria que eu irei comentar é a cooperação entre os fornecedores e as grandes Magazan tais como: Líder, Riachuelo, Renner, C&A e etc. A natureza desta parceria está explicita em seu nome, mas há alguns cuidados a serem tomados.

  • Fornecedores certificados com o selo ABVTEX;
  • Atenção com pagamentos;
  • Atenção com prazos;
  • Atenção com a qualidade;

Este primeiro tópico merece uma atenção especial. Para que a parceria seja sólida, o fornecedor obrigatoriamente deve possuir a certificação ABVTEX. Trata-se de uma certificação de responsabilidade social. Ela assegura que seu fornecedor está com as devidas documentações em dia e também que não há uso de mão de obra escrava ou mal remunerada, além de preocupações com o meio ambiente entre outras.

O segundo tópico se trata de pagamentos. O preço deve ser justo para ambas as partes e previamente acordado sobre o valor, com uma antecedência de no mínimo 15 dias da entrega do produto a ser fabricado no fornecedor ou subcontratado com o selo da certificação ABVTEX.

O penúltimo tópico se trata dos prazos. Não adianta seu fornecedor garantir um preço mais baixo que os demais, mas não entregar a matéria prima na data que foi marcada. Atrasa toda sua produção e atrapalha sua entrega final para o cliente. Um bom fornecedor está sempre atento aos prazos.

O último tema que deve se manter atento é a qualidade. Os fornecedores ganham no volume e muitas vezes eles subcontratam outras oficinas para atender aos pedidos. Deste modo, é comum que a qualidade do produto apresente uma redução significativa. É essencial que no contrato fale sobre a qualidade mínima exigida para evitar desacordo posterior.

Essas quatro garantias vão tornar sua parceria com os fornecedores muito gratificante e duradoura.

Parceria com Investidores de mercado

Para finalizar, também existe a parceria com os investidores de mercado. Algumas pessoas ou empresas investem dinheiro em outras empresas. O principal motivo para este investimento é o capital de giro, mas também investem por matéria prima, capital humano, conhecimento e outros tantos motivos.

Com o investimento, a empresa poderá comprar matéria-prima e maquinário além de aumentar seu espaço físico é claro. Essa parceria normalmente ocorre entre 10% a 30% do valor do faturamento da empresa, de forma que depois que a empresa pagar todos os custos fixos e aumentar sua produção, o investidor terá uma participação dos lucros da empresa, facção ou oficina.

Apesar de eu ter falado de apenas três formas de parceria, quero que fique claro que existem muitas outras e não me aprofundei sobre nenhuma delas. Para quem se interessar por estes assuntos, são temas muito interessantes e seu conhecimento é extremamente valioso.

Luiz Roberto Saraiva

Luiz Roberto Saraiva em Gestão da Indústria de Confecção
Sou natural da Tijuca, no Rio de Janeiro. Tenho 47 anos, sou graduado em Administração de Empresas pelo Senai/Cetiqt e possuo pós-graduação em Logística Empresarial pela Funcefet. Depois de mais de 19 anos de atuação profissional, posso dizer que sou simplesmente apaixonado pelo mundo da indústria têxtil e de confecção do vestuário.