Skip to main content

Gerente sem Planejamento-Dr Gestão

Todo mundo já passou por alguma fase de atrasos, ou também já conheceu alguém que consegue criar atrasos em todas as atividades que estão inseridas. Estes atrasos são resultado de um erro cometido grande parte das pessoas que trabalham no ramo industrial e empresarial. Mais de 60% dos trabalhadores brasileiros sofrem de um mesmo mal. Falta de planejamento.

Qualquer pessoa que não se planeja e não realiza algum tipo de atividade para promover uma maior organização em sua vida pessoal e profissional está sujeita a se atrasar ou até mesmo não entregar algum projeto. Há casos que o projeto nem mesmo se inicia.

Para grande parte dos trabalhadores atrasar gera verdadeiras catástrofes em sua vida pessoal e profissional. Agora imagine os efeitos desse erro na vida de um gerente? A principal característica de um gerente é se responsabilizar pelo trabalho de sua equipe, de sua confecção, facção, de sua oficina.

Um gerente sem planejamento é se dúvida uma das maiores fraquezas que uma empresa pode vir a ter. E por incrível que pareça não é uma fraqueza tão incomum não, seja na indústria da moda ou em muitos outros segmentos do mercado, atualmente é muito comum encontrarmos este tipo de gerente.

O maior problema de uma gestão sem planejamento é que este caos organizacional se reflete nos demais setores da empresa, criando assim muitas vezes problemas insolúveis que resultam em prejuízo para sua corporação.

Mentalidade Planejada

Até mesmo o menor dos atrasos tem sua taxa de negatividade para seus funcionários. O simples fato de chegar atrasado com elevada frequência cria um ambiente ruim que futuramente irá atrapalhar um planejamento eficaz.

Seu funcionário pensa que se o chefe está chegando atrasado sempre, não há problema ele se atrasar de vez em quando também. Não se trata de um pensamento incorreto, um atraso ocasional é completamente normal, mas se todos os seus funcionários começarem a se atrasar de vez em quando sua empresa se desorganiza toda.

Você deve se esforçar para criar uma mentalidade planejada em sua empresa, de modo que está reflita de você para seus funcionários e todos juntos criem um ambiente mais funcional.

Ausência de Gestão

Muitas vezes essa falta de planejamento se deve ao fato de não haver uma gestão rígida, ou seja, quando o chefe resolve fazer tudo através do chutômetro, mas cobra excelência dos seus funcionários.

Apesar de existir exceções, é usual vermos prazos e mais prazos sendo descumpridos por aqueles que não possuem um planejamento assertivo. As exceções em geral possuem uma memória fenomenal que poderia ser mais bem empregada se fosse feita uma programação sobre os processos de trabalho.

Também há sempre aquela dúvida, você possui uma boa memória, mas até que ponto ela aguenta? Enquanto você está gerindo 5 a 10 funcionários até pode ser que você esteja dando conta, mas será tão efetivo quando forem 20? 50? 100? É uma pratica completamente inviável a longo prazo.

Como isso afeta sua produtividade?

Não há nada que afete mais a produtividade que prazos não cumpridos. Problemas de falta de uma programação eficiente ocasional em atrasos de entregas e estes têm por consequência multas e diminuição da satisfação de seus colaboradores e clientes. Sua credibilidade cai e sua produtividade vai junto.

Como toda sua vida está atrasada, seus clientes estão insatisfeitos e seus colaboradores estão descontentes com seus serviços, é natural que sua produção não saia no dia. Ainda há casos de que a facção se esforce para acelerar os processos e consiga entregar o produto no dia, mas por consequência desta produção apressada, a qualidade está quase sempre fora da realidade que é aceita pelo mercado. É até melhor atrasar na produção que entregar um produto mal feito.

Tomada de decisões

Não há argumentos que defendam uma tomada de decisões eficiente em uma empresa desorganizada. Para inicio de conversa não há reuniões e quando há, elas possuem baixa rentabilidade, não rendem o tanto que deveriam e acabam por mais atrasar o trabalho de todos.

Como as reuniões não têm hora de inicio nem término previstos, sua duração é incerta. Além disso, não é feito um plano de ação para definir a estratégia adotada para resolução do problema que é o foco da reunião. Onde não há organização, não há ordem de processos e facilmente os problemas se tornam bolas de neve.

Apesar de tudo, você gerente não é exatamente o responsável por sua empresa não ter planejamento, muito pelo contrário, um ambiente organizado vai privilegiar seus trabalho e facilitar a tomada de decisões. O que vejo que ocorre é que o dono da empresa é desorganizado e quer cobrar do gerente resultados e organização.

Portanto, busque sempre se programar e se planejar, estude, leia, pesquise e realize qualquer ação que ajude você a chegar a seu objetivo: Se tornar organizado. Cada segundo que você dedicar a esta causa terá valido a pena.

Luiz Roberto Saraiva

Luiz Roberto Saraiva em Gestão da Indústria de Confecção
Sou natural da Tijuca, no Rio de Janeiro. Tenho 47 anos, sou graduado em Administração de Empresas pelo Senai/Cetiqt e possuo pós-graduação em Logística Empresarial pela Funcefet. Depois de mais de 19 anos de atuação profissional, posso dizer que sou simplesmente apaixonado pelo mundo da indústria têxtil e de confecção do vestuário.