Skip to main content

Estoques Altos-Dr Gestão

Quem não está ainda nessa vida cheia de altos e baixos do mundo do empreendedorismo muitas vezes não entende alguns dos problemas que são óbvios para os veteranos deste universo. Algumas eventos como atrasos e mão de obra escassa são facilmente identificados como problemas para qualquer indivíduo, mas ter grandes estoques é realmente um cenário que deveria ser evitado a todo custo pelo empreendedor?

Para quem não sabe ainda, sim, os estoques altos representam um dos maiores problemas das indústrias atuais. É uma adversidade tão grande que a maior parcela de trabalhadores que convivem com este inconveniente concordam com a seguinte afirmação: “Qualquer estoque representa um capital parado para a empresa que simultaneamente gera um custo de armazenamento do mesmo. Logo, Estoque é perda de dinheiro”.

Como percebemos tudo nos leva a pergunta, o que fazer com nossos estoques que só aumentam?

Utilizando Softwares

Já comentei anteriormente sobre as diversas vantagens do uso de softwares para auxiliar na produção de sua empresa. Lembro me que utilizei como exemplo o momento que o Excel e as contas a mão não estariam sendo suficientes para gerir sua empresa. Neste momento, os métodos tradicionais não serviriam mais para acompanhar aquele estoque que só aumenta e infinitamente. Em dado instante, terá em suas mãos uma situação fora de controle.

Na primeira circunstância que você perder informações relevantes à sua produção, tais como qual produto que foi mais vendido ou ainda qual o menor valor unitário satisfatório para sua empresa que será empregado no custo dos produtos.

Deixo claro que defendo e muito a implantação de um software no sistema empresarial de qualquer marca, mas apenas no momento correto para esta importante ação.

Sempre faço uma comparação que se encaixa muito bem para a situação. Assim como ninguém no seu juízo perfeito compraria uma geladeira durante uma construção ou reforma da sua casa, na qual estão levantando as alvenarias e pintando as mesma. Comprar uma geladeira numa situação como essa seria basicamente uma loucura sem precedentes. O risco de você sofrer um prejuízo com seu eletrodoméstico é gigantesco.

Paralelamente, não adianta você implantar um software na sua empresa enquanto ela ainda está em construção, com todos os processos ainda estão falhos, possuem gargalos. Gargalos é uma palavra muito comum no mercado industrial, significa algo que está parado, atrasado ou ainda apresentando muitos problemas.

Sistema Just in Time

Antes de tudo, este sistema “Just In Time” se trata de uma metodologia de administração da produção diferente das demais, na qual afirma que tudo deve ser produzido, transportado ou comprado para ser imediatamente entregue para o cliente, evitando assim processos desnecessários, como estocagem de produtos por exemplo.

Para uma empresa que trabalha com o Just in Time, o cenário é totalmente diferente, ela lida com outros problemas. Esta empresa não precisa se preocupar com gargalo de qualquer tipo, pois seus processos são realizados quando é necessário realiza-los. Como possui um horizonte de projeção mais amplo, não há qualquer interferência para ser implantado um software em seu sistema de funcionamento, ela não tem processos capengas para modificar e melhorar.

Agora, se sua situação é totalmente oposta, seus processos apresentam resultados verdadeiramente capengas, não há planejamento e todo o funcionamento da sua empresa, facção/oficina vai mal, sugiro que alinhe tudo e organize o perfil da sua empresa para só depois pensar na digitalização de todos os setores da mesma. Apressar uma ação destas só irá trazer dissabores.

O que o Software vai ajudar nos estoques?

Depois de arrumar todos os processos e estar pronto para inserir um software para auxiliar na sua gestão, só então você resolverá este problema de muitos estoques e produção parada.  Será tantas novas informações que você ficará extremamente preparado para arrumar qualquer problema existente e que esteja passando despercebido até o presente momento. Qual produto está vendendo mais? Qual está sendo rejeitado? Qual não deve ser produzido na mesma frequência que os demais? Tudo isso ficará sob encargo dos softwares.

E não só resolverá os problemas de estocagem como também fornecerá informações de consumo dos clientes com datas, valores, histórico e etc. Trabalhando com a classificação ABC e associando tudo ao ponto de equilíbrio, você não terá mais estoques altos e sua produtividade irá aumentar.

Quais benefícios adquiro ao sumir com meus grandes estoques?

As vantagens são muitas enquanto que a desvantagem é uma só. Sem estoques, sem produto pronto para entrega para o cliente. Agora as vantagens são:

  • Liberação de espaço físico para outros usos;
  • Fim dos “produtos parados”;
  • Custo zero de armazenamento;
  • Eliminação do transporte extra (transportar o produto para o armazém e transportar para o cliente depois)

Algumas técnicas para se livrar rápido dos estoques excessivos

Existem alguns métodos úteis para se livrar deste seu gigantesco estoque, no entanto, é necessário algumas informações do produto para ter certeza que não sofrerá prejuízo.

Com o produto parado ninguém ganha nada, antes na mão do cliente do que lá parado. Muitas vezes o preço dos produtos é pequeno e é possível fazer promoções por compras em quantidade, claro, analisando antes se você vai ganhar com volume de vendas. Caso seu produto tenha um valor mais elevado, talvez seja preferível trabalhar acompanhando o valor do produto, afinal, vendas em grandes volumes são mais comuns para preços pequenos.

E estes dois métodos se tratam na verdade de 2 grandes vertentes no mundo das vendas, sendo que na vertente de quantidade vendida será necessário o uso de alguns softwares para se ter sucesso na sua empreitada.

Garanto que eliminar os grandes estoques vai melhorar a produtividade de sua empresa, facção/oficina e consequentemente sua lucratividade, além de criar um ambiente de organização que estimulará sua empresa para frente.

 

Luiz Roberto Saraiva

Luiz Roberto Saraiva

Luiz Roberto Saraiva em Gestão da Indústria de Confecção
Sou natural da Tijuca, no Rio de Janeiro. Tenho 47 anos, sou graduado em Administração de Empresas pelo Senai/Cetiqt e possuo pós-graduação em Logística Empresarial pela Funcefet. Depois de mais de 19 anos de atuação profissional, posso dizer que sou simplesmente apaixonado pelo mundo da indústria têxtil e de confecção do vestuário.
Luiz Roberto Saraiva

Últimos posts por Luiz Roberto Saraiva (exibir todos)