Skip to main content

Confecção de roupas: Que máquinas são necessárias?

Para montar uma confecção de roupas, e de certo é um excelente negócio, é necessário ter-se alguns pontos em consideração. Um desses pontos diz respeito às máquinas que são necessárias para montar a sua confecção.

A primeira coisa que precisa saber é que as máquinas necessárias variam de acordo com o produto a que a sua confecção se vai dedicar. Vejamos em detalhe cada uma delas.

Máquina de corte de tecido

Esta máquina serve para cortar tecido, e pode escolher entre a industrial e a semi-industrial. Esta última é mais simples de manusear, e o resultado é muito favorável.

A máquina de corte tem facas de vários tamanhos, e tem incluído ainda um afiador embutido. Ela é responsável por cortar os tecidos dispostos em rolos em seriados, ou em camadas.

Essa máquina é necessária para todo o tipo de confecção.

Máquina de costura

A máquina de costura varia muito. Ela pode ser reta industrial, eletrônica, não eletrônica, mas sempre é grande e muito robusta. Por isso mesmo ela é uma máquina que precisa de um grande espaço, até porque ela é usada para grandes quantidades de tecidos, e também de diferentes gramaturas.

Se está pensando em abrir uma confecção de roupas, essa é uma das primeiras máquinas que tem de pensar em comprar, até porque não é substituível por nenhuma outra.

A máquina de costura possui uma costura de pontos fixos, costura reta, e de um ponto padrão. É com ela que vai costurar tecidos pesados e planos.

Dentro da máquina de costura podemos distinguir algumas variantes:

Reta – Ela tem uma variedade enorme de utensílios para ajudar no trabalho da costureira, como é o caso de colocadores de elástico, calcadores para viés, entre outros.

Ziguezague – Esse tipo de máquina é mais usada para tecidos à base de elastano, ou para tecidos que apresentem elasticidade, como é o caso da malha. Esta máquina dá o acabamento e ainda coloca elásticos nas peças íntimas.

Overloque industrial – Essa máquina é perfeita para tecidos planos, assim como para fazer os acabamentos de tecidos de malha. Ela também é ótima para cortar os excedentes ao mesmo tempo que costura. Uma característica dessa máquina é que usa três linhas ao mesmo tempo.

Galoneira industrial – Esta máquina é usada para diversos fins, como rebater elásticos ou fazer acabamento em malhas. Esta usa uma linha e dois fios. Em alguns casos poderá usar três agulhas.

Interloque – Esta máquina faz exatamente o mesmo que a máquina overloque e a reta, mas ela acelera o processo, porque além de costurar, ainda faz o acabamento. Geralmente é usada em fechamento de algumas malhas, e jeans.

Máquinas para dar o acabamento às peças

De entre as máquinas usadas para dar acabamento às peças de roupas encontramos:

  • Pespontadeira – Essa é uma máquina industrial usada para fazer pesponto em jeans, ou tecidos pesados. Ela tem de duas a três agulhas.
  • Fechadeira – Esta é usada para fechar as laterais, os ombros e o cós das roupas. A vantagem é que ela faz a dobra da lateral e do cós automaticamente. Por isso podemos dizer que essa máquina pode substituir a overloque.
  • Travete – Essa máquina é usada para fazer travas em alguns pontos específicos das peças, especialmente nas zonas de maior desgaste, ou tensão, como o caso das laterais, dos bolsos, zíper e passantes.
  • Caseadeira – Como o nome indica, essa máquina é usada para fazer as casas dos botões.
  • Botoneira – Esta máquina só prega botões, não sendo usada para fazer as casas.
  • Bordadeira industrial – Responsável por fazer bordados em relevo.

Note que, para além das máquinas, ainda tem de pensar nas mesas onde irá colocar essas mesmas máquinas, as quais terão de ser grandes também. Como estamos falando de máquinas industriais, é bom que esteja pensando num bom espaço físico, o qual seja capaz de comportar essas máquinas.

Luiz Roberto Saraiva

Luiz Roberto Saraiva em Gestão da Indústria de Confecção
Sou natural da Tijuca, no Rio de Janeiro. Tenho 47 anos, sou graduado em Administração de Empresas pelo Senai/Cetiqt e possuo pós-graduação em Logística Empresarial pela Funcefet. Depois de mais de 19 anos de atuação profissional, posso dizer que sou simplesmente apaixonado pelo mundo da indústria têxtil e de confecção do vestuário.

Últimos posts por Luiz Roberto Saraiva (exibir todos)