Skip to main content

Como montar uma confecção de roupas?

O mundo da moda tem várias ampliações, as quais vão desde a fabricação até ao seu consumo. Esse mercado tem crescido muito nos últimos anos em todo o mundo. Hoje em dia, as pessoas estão vendo a moda como um fator determinante, e são considerados já itens de primeira necessidade.

É por essa razão que esse mercado é uma excelente opção para quem quer investir em um negócio. No entanto, montar uma confecção de roupas não é tão simples assim, e requer bastante dedicação e conhecimento, que vai bem além da costura.

Nesse artigo vamos mostrar tudo o que precisa saber para montar uma confecção de roupas. Confira!

O que é necessário para montar uma confecção de Roupas?

A primeira coisa a fazer é encontrar um bom sítio para trabalhar. Aqui não importa ser um local muito movimentado. Pode até mesmo começar na sua própria casa, com um cantinho onde pode costurar e tirar as medidas dos seus clientes.

Claro que, à medida que o negócio vai crescendo, é bom ponderar alugar ou comprar um sítio maior, onde possa ter várias pessoas trabalhando para você. Lembre que deve ser um espaço que tenha capacidade para as costureiras, mas também com capacidade para armazenamento de estoque.

No caso de ter necessidade de contratar profissionais, lembre que o maior investimento está nos profissionais qualificados e com experiência no ramo da confecção de roupas. Eles podem ser a chave para o sucesso do seu negócio, então nem vale a pena arriscar quando falamos de contratações.

Crie um bom ambiente de trabalho e sempre impulsione o trabalho em equipe. Dessa forma consegue se libertar um pouco do trabalho, podendo se dedicar mais à parte administrativa, além de mostrar confiança nos seus funcionários, o que faz com que eles trabalhem com mais vontade e dedicação.

Que investimentos são precisos?

Montar uma grande confecção de roupas requer um grande investimento. No entanto, nem todos têm capital suficiente para abrir logo uma grande fábrica de confecção.

Antes de mais nada, lembre que nenhum empreendedor começou logo com grande sucesso, e com bastante lucro. Isso vem com tempo, aos poucos.

À medida que o seu negócio for crescendo poderá investir em mais máquinas, equipamentos, entre outros aspectos que se mostrem necessários para a sua confecção.

Vale a pena fazer uma boa consulta antes de comprar algum equipamento. Compare os preços de diversos fornecedores para os equipamentos que está buscando. Faça uma pesquisa também de fornecedores de linhas, tecidos, agulhas, entre outros. Busque sempre o melhor rácio qualidade/preço.

Pense em investir em um curso de corte e costura. O conhecimento é primordial para garantir o sucesso do seu negócio. Os melhores cursos são os das escolas SENAI. Aposte neles para se profissionalizar, obtendo assim um trabalho mais eficiente, além de ser reconhecido na área.

Angariar clientes

Ter clientes é o mais importante de um negócio, seja ele qual for. Para que consiga um maior número de clientes, é importante que faça várias pesquisas sobre o seu público, de forma a saber quais os tipos de roupa vai vender mais.

Aposte na publicidade também. Mostre os seus produtos para os seus familiares, para os seus amigos, conhecidos, e coloque na internet também. Quanto mais propaganda você fizer, maior a probabilidade de vender os seus produtos.

Compensa montar uma confecção?

Será que vale a pena investir sério numa confecção? Apesar do investimento inicial ser considerável, a verdade é que esse é um negócio que compensa, e muito!

Tente estar sempre atualizado sobre as tendências de moda atuais. Esteja sempre a par dos gostos e preferências dos seus clientes, e sempre fabrique os seus produtos com qualidade, de forma a agradar os seus clientes.

O sucesso é garantido se seguir as nossas dicas. Aposte nisso!

Luiz Roberto Saraiva

Luiz Roberto Saraiva em Gestão da Indústria de Confecção
Sou natural da Tijuca, no Rio de Janeiro. Tenho 47 anos, sou graduado em Administração de Empresas pelo Senai/Cetiqt e possuo pós-graduação em Logística Empresarial pela Funcefet. Depois de mais de 19 anos de atuação profissional, posso dizer que sou simplesmente apaixonado pelo mundo da indústria têxtil e de confecção do vestuário.